Para quem gosta de cair na estrada e curtir sua moto e aquele delicioso ronco do motor, sabe que não dá para bobear quando o assunto é segurança. Para aproveitar bem uma viagem, é essencial apostar nos equipamentos certos, afinal, acidentes podem acontecer e detalhes pequenos fazem bastante diferença na hora de proteger a integridade física e até a vida do motoqueiro.

Na hora de escolher um capacete para viajar de moto, muitos motoqueiros acabam apenas avaliando o preço. Como se o mais caro fosse aquele que realmente trouxesse proteção e segurança. No entanto, na hora de escolher o equipamento certo é preciso ir além dessa questão.

Hoje, existem diversos modelos de capacete que são ideais para diferentes condições de tráfego, estilo e necessidades do motociclista. Na hora de apostar no melhor equipamento, mais do que o custo, é preciso observar alguns padrões e certificações que atestam a qualidade e a segurança do produto.

Para quem é do time dos estradeiros e gosta de curtir os finais de semana em duas rodas, separamos algumas dicas  que podem ajudar você na escolha do capacete ideal. Confira!

Certificação

Antes de sair acelerando por aí, certifique-se de que seu capacete é um produto testado e qualificado para o uso.

Um dos fatores mais importantes para se considerar na compra de um capacete é a certificação do INMETRO. Esse selo atesta que o capacete passou por testes rigorosos, que avaliam a capacidade de absorção do impacto, caso ocorra algum acidente.  Alguns produtos importados também contam com certificados internacionais, tais como o DOT, Snell e UNECE.

Tamanho

A compra de um capacete é algo extremamente pessoal. Por isso, o ideal é experimentar o equipamento, para saber se o modelo escolhido se encaixa perfeitamente ao formato da sua cabeça. Além disso, saber as medidas de sua circunferência, facilita bastante na hora da compra.

O tamanho ideal do capacete é aquele que não deixa espaços sobrando em nenhum canto da cabeça, permanecendo fixo. Para saber isso, ao experimentá-lo, balance a cabeça de uma lado para o outro e de cima para baixo, para checar se não existem folgas.

No primeiro momento você pode sentir um leve aperto, o que é bom, pois no decorrer do tempo o capacete vai se adaptando ao formato da cabeça.

Peso

Algumas viagens costumam ser longas exigindo do piloto uma postura ereta e concentrada por muito tempo. Para aliviar um pouco a tensão e curtir ao máximo a viagem, o piloto precisa se sentir confortável e leve.

O peso do capacete é um dos fatores mais importantes que determinam o conforto e o bem estar físico dos motociclistas. Capacetes pesados incomodam e podem trazer danos à saúde, como contraturas musculares e torcicolos, por exemplo.

Ao escolher um capacete para viajar de moto opte por modelos feitos com fibras de carbono, ideais para viagens mais longas, pois são mais leves e mais resistentes.

Estilo

Depois de ter todas estas informações básicas sobre como escolher um capacete ideal, chegou a hora de escolher o estilo e a aparência de um capacete que se complementa ao estilo da moto.

No bom e velho estilo estradeiro, o modelo de capacete integral ou fechado é o mais indicado para as estradas. Este modelo cobre totalmente a cabeça e proporciona um sistema de ventilação adequado.

Preste atenção na viseira, pois elas devem proporcionar uma visibilidade perfeita e periférica, mesmo durante a noite ou em dias chuvosos. E, por fim, o capacete também deve ser bastante visível, sendo vários os modelos de capacete, dê preferência aos modelos com cores mais brilhantes.

Agora que você já sabe como escolher o melhor capacete para viajar, não deixe de conferir algumas dicas para pilotar na chuva!