Hoje inauguramos um novo tipo de publicação em nosso Blog e ele se chama Vá de Moto, esta nova seção incentivará motociclistas de todas as partes a rodarem por belos cenários ou até destinos comprovadamente bons!

Começaremos com um dos mais belos cenários do Brasil, localizado no maravilhoso estado da Bahia e curiosamente não é uma praia! A Chapada Diamantina é um destino único e atraente, uma ótima oportunidade para os apaixonados por motos que queiram rodar por lá.

A Chapada conta com vistas de tirar o fôlego, grutas, cachoeiras, rios, vales e cânions. Os roteiros podem ser planejados de acordo com os pontos onde os viajantes pernoitarão, o que inclui diversas cidadezinhas remanescentes do século 19.

Quer saber mais sobre este destino? Continue a leitura e descubra como aproveitar essa viagem sobre duas rodas!

A Chapada Diamantina

A principal cidade do Parque Nacional da Chapada Diamantina é Lençóis. Por lá existe um casario colonial com restaurantes e pousadas, então é um ótimo local para fazer uma parada e comer algo.

Rodar a chapada de moto é fácil, mas algumas trilhas só podem ser feitas a pé. Nesses casos você precisará se juntar a grupos com os guias locais. Aí vai de cada um decidir se segue as trilhas ou fica somente na estrada.

Opções de hospedagem

As principais atrações ficam longe uma das outras, então mesmo para quem está de moto pode ser uma boa ideia pernoitar em outros povoados fora de Lençóis. Indicamos Andaraí, Mucugê e Vale do Capão, que têm pequenas pousadas onde você pode comer bem e ouvir histórias do Ciclo dos Diamantes, além de ter uma recepção calorosa por parte dos locais.

De qualquer forma, todas as cidadezinhas têm opções de pousadas, pequenos hotéis e até alguns moradores locais que alugam suas casas. A não ser que você vá na alta temporada, não deverá ter problemas para encontrar um bom lugar para dormir.

Clima e melhores meses para visitar

Basicamente não existe época ruim na Chapada. Entre março e maio é a época que a região fica mais verde. Entre maio e setembro, dificilmente você vai pegar chuva. Somente entre novembro e janeiro as chuvas podem enlamear as trilhas, então é bom ficar atento a isso.

Roteiro de viagem

A Chapada tem tanta coisa para ver que é difícil indicar um roteiro definitivo.

Lençóis

A 30 km de asfalto você chega no Morro do Pai Inácio, cartão-postal da região.

Também vale pegar a estrada em direção a Palmeiras, que leva a uma série de grutas como a Torrinha, a Lapa Doce e da Pratinha, onde dá para fazer flutuação. No rio Mucugezinho dá para fazer tirolesa e tomar banho no Poço do Diabo.

Se quiser encarar uma estrada de terra, na direção do aeroporto há uma que leva a pinturas rupestres na Serra das Paridas, e também à Cachoeira do Mosquito.

Mucugê

Pegar a estrada para Mucugê é outra boa ideia: dá para visitar os poços Azul e Encantado. Pernoitando por lá também é possível visitar o Buracão (98 km), uma cachoeira com águas cor de café devido ao ferro presente. É um passeio incrível e praticamente obrigatório para quem vai à Chapada!

Vale do Capão

É uma vila pequena, com uma rua e uma praça. O local é ponto de partida para os praticantes de trekkings, caso você se interesse.

Igatu

Assim como de Mucugê, de Igatu dá para pegar a estrada para o Poço Encantado (30 km) e para o Poço Azul (40 km). Se decidir ir para a Cachoeira do Buracão (a mais famosa, como comentamos) direto de Igatu, dá para rodar 110 km, sendo que os últimos 28 km são de terra.

Condições da estrada

De modo geral as estradas têm boas condições, mas de vez em quando você terá que encarar trechos de terra solta. Então, é bom tomar cuidado, principalmente, nas épocas de chuva que citamos acima.

A Chapada Diamantina sem dúvidas é um dos destinos de viagem mais imperdíveis do Brasil. E para quem vai de moto a aventura é ainda melhor, porque você pode percorrer facilmente as várias cidades que compõem este belo lugar.

E você, depois desta dica, para quando marcou a sua viagem até a Chapada Diamantina de moto?
Tem algum destino famoso que gosta de rodar ou alguma estradinha desconhecida para nos apresentar?
Deixe sua opinião nos comentários!

Gostaria de conhecer produtos exclusivos, que traduzem o amor pela liberdade e motos? Clique aqui!
Fonte: Bandana ©Todos os direitos reservados.